Quinta-feira , 14 Dezembro 2017
Últimas Publicações
Home / Colunistas / Aprecie seu pior

Aprecie seu pior

Seu melhor momento também é o seu pior.

No momento que tudo parece chegar ao extremo, ao mesmo tempo, tudo parece fazer sentido.

Já parou para pensar nisso?

Quando estamos bem, não nos avaliamos direito. Vamos meio de ‘Branca de Neve Fazendo Faxina!’ É tudo lindo e nada nos faz parar para analisar a situação.

Entre cantaroladas e sorrisos, você vai vivendo. O que é muito bom na verdade. Mas sabemos que não é sempre assim. Os momentos difíceis chegam e com eles uma bagagem enorme de aprendizado.

Nesses momentos, quando o canto silencia e o sorriso desmancha, conseguimos nos interiorizar e nos analisarmos. Você começa a perceber o que realmente é importante para você. O que priorizar, o que ignorar. O que merece ser lembrado e o que deve ser esquecido.

Com seu pior momento nasce uma força que, no seu melhor momento, estava adormecida, tão adormecida que você nem imaginava possuir. Você é capaz de se transformar e de renascer.

Capaz de mudar velhos e maus hábitos. Hábitos que você nem se dava conta! Mas, no seu pior momento, eles estão ali, bem à sua frente, e você não tem como escapar.

O seu pior momento é o seu momento! Agarre-o! Esmiúce-o! Encontre as respostas nas entrelinhas.

Não desvalorize sua dor. Permita-se vivê-la. Não se esforce para sorrir a não se force a nada. Permita se descobrir, encontrar os porquês. Valorize esse precioso momento. Ele é único.

Assim como muitos de vocês, já vivi esses momentos. E, para mim, foram como divisores de águas. Foram nesses momentos que me vi de frente. E, quando você olha nos seus olhos, você não consegue se enganar. É você com você mesmo na busca do seu melhor.

Aprecie seu pior e faça dele o seu melhor.

E pode acreditar:

Seu pior momento também vai passar. E seu cantar vai voltar bem mais afinado dessa vez.

Sobre Rubia Wakizaka

Rúbia Mara Andrade Felisberto Wakizaka é guaçuana e há três anos mora em Lake Mary [Flórida]. É casada com o empreendedor Fabio Wakizaka e mãe de dois filhos, Ichiro e Kenzo. Fala inglês fluente, é artesã e culinarista. Nos Estados Unidos, trabalha na área digital como bloguer e youtuber, trazendo experiências do setor de craft, abrangendo técnicas de costura, bordado e crochê, por meio do seu canal ‘Faça-Você-Mesmo’.

Confira Também

Wellington Lima tem oito franquias do Rangula

Rangula: oportunidade de negócio

O velho e bom hambúrguer está mais contemporâneo do que nunca. Agora, ele é conhecido até ...

2 comentários

  1. Vou tentar por em prática isso!!! Belas palavras!!! Bjs!!!

  2. Alba Antonia de Andrade Felisberto

    Oi,Rubita!
    Estou sem palavras!
    Adorei sua matéria!
    Como de costume arrasando.
    Para mim,estou tendo aulas maravilhosas,servindo de aprendizado para uma vida toda.
    Obrigada filha,até quarta-feira!
    Sempre te seguindo!
    Te amo!
    Bjs!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *