Sábado , 18 Novembro 2017
Últimas Publicações
Home / Cultura / Coletivo da arte

Coletivo da arte

Foto: Otávio Bueno

O título deste texto foi o escolhido pela arquiteta Daniela Risi, 40, para nomear a sua empresa recém-fundada. ‘Coletivo da arte’ é a elaboração de um canal de vendas para o segmento artístico, incluindo a manufatura de peças assinadas por diversos artistas.

“Ela não foi criada apenas para atender a uma crescente demanda do trabalho informal. Mas principalmente, para estimular a grande capacidade e criatividade do artista brasileiro, dar valor a nossa cultura, aos nossos materiais e promover relações entre arte e comércio”, diz ela.

Graduada em Arquitetura e Urbanismo e Marketing pela Unip [Universidade Paulista], Daniela Risi atua no momento como autônoma na área de Design de Interiores, incluindo a terceirização de serviços de 3D para outros profissionais de Arquitetura e Engenharia.

O foco da empresa é captar artistas de diversas partes, divulgar seus trabalhos por meio da venda online e com uma distribuição desenvolvida através de um plano de marketing estratégico para cada produto. Também de apresentar a manufatura de forma correta, direcionada e especial em pontos de revendas; de peças específicas para arquitetos, integrado pela divulgação em feiras e mostras de Arquitetura, como por exemplo, a Casa Cor.

“Quero ajudar o artista a receber o reconhecimento por seus trabalhos, projetar seu nome em novos circuitos, colocando-o, em esferas de divulgação em plano nacional e internacional. Este é um dos grandes objetivos da minha empresa. Pretendo ser a curadora para peças e artefatos com assinatura”.

Com o nascimento da empresa, ela crê que o seu trabalho contribuirá com a sociedade porque será possível abrir uma porta para todos, tanto para o artista, quanto para o consumidor que está em busca de novas ideias.

“O casamento entre a internet e o marketing direcionado, poderá nos conduzir para inúmeras possibilidades de visualização e prospecção, além de estar presente e atuante no canal de vendas que é a grande chave para esta porta”.

Idealização

Daniela Risi migrou da Arquitetura para o ramo artístico. E, por que ela optou em investir em uma área tão diferenciada?

“O nascimento da ‘Coletivo da arte’ é a realização de um sonho antigo, lapidado com todo o cuidado, para promover pessoas maravilhosas. Eu, sinceramente, sinto-me muito feliz, inspirada, emocionada e, especialmente grata, pela confiança que estão depositando em mim. Ninguém faz nada sozinho. Se cada um ofertar um pouquinho do que faz de melhor, no final das contas, todos brilham”.

Conta que em sua rotina, observa inúmeras pessoas que envolvem-se com trabalhos manuais e que sempre surpreende-se. “Pessoas que exalam arte, que produzem artefatos fantásticos, com diversas texturas, cores e formas. Elas fazem irradiar e sensibilizar qualquer alma”.

No entanto, a empreendedora comenta que infelizmente, grande parte destes trabalhos não ‘vingam’ no mercado de vendas.

“Existe uma dificuldade enorme do artista em dedicar mais de seu tempo para comercializar seus produtos. Criar e elaborar já exigem uma concentração e dedicação muito grande, toma tempo e quando chega a hora de colocar o produto no mercado, muitos perdem-se, fazendo a divulgação e implantação de forma errada e fora do ambiente em que deveriam expor ou até mesmo apresentar”.

De acordo com ela, o tempo passa e os produtos não são vendidos, fazendo com que a desistência tome conta do espaço. “A motivação quebra-se e muitos abandonam de vez seus sonhos. Este é o quadro mais triste em minha opinião”.

Triagem

A seleção dos profissionais e trabalhos é realizada pela empreendedora a partir da apresentação do artista e seu produto e, tudo isso, sem nenhum custo para divulgação dos trabalhos pelo site da ‘Coletivo da arte’. “É importante frisar que há apenas uma comissão negociada caso a caso e somente se concretizar a venda, seja online ou por revendas”.

Ainda no começo, Daniela Risi busca parcerias que sejam criativas, inovadoras e as alternativas mais ecológicas, como materiais de reciclagem e peças com personalidade e conteúdo. “De bijuterias a porcelanas, o canal é aberto para todos. E, o mais importante é o comprometimento do artista em divulgar suas peças e garantir a entrega das mesmas”.

Parcerias

Entre os principais profissionais da ‘Coletivo da arte’ estão:

*Studio Thays Artigiani – confecção de colares e pulseiras, que envolve diversos materiais, como a inovação do Cobre Esmaltado. Uma tendência na moda e na Arquitetura.

*Mit Briant – bióloga que transformou-se em uma surreal artista multifacetada, que transpôs seus quadros em lenços. Ideia genial, de excelente bom gosto e com a personalidade aflorada. Lindíssimos trabalhos.

*Madude Decor – empresa voltada para a confecção de painéis vasados em MDF [Painel de Madeiras] e acabamentos madeirados. Produto para casa e decoração. A Madude além de produzir painéis com design para divisão de ambientes está lançando a ‘Linha Faça Você Mesmo’.

Nesta linha, serão vendidas as placas em madeira com estampas e em variados tamanhos. Atrás da placa, serão usados adesivos autocolantes para a aplicação em paredes, espelhos, portas de armários, entre outros.

Tem como objetivo, motivar o consumidor final a montar seus painéis de parede sem sujeira e mão de obra, incentivando-o, a criar sua própria arte, da maneira que quiser em sua casa.

Terá ainda, a ‘Linha Assinatura’ voltada para arquitetos e designs que queiram criar suas próprias confecções. Neste caso, abriremos comissionamento de vendas para estes arquitetos em caso de vendas das suas linhas desenhadas em nossa Loja Express!

*Renato Risi – envolvido com artes em Cerâmica e Cobre. Terá seu espaço para apresentar linhas exclusivas como o lançamento de copos medievais em porcelana queimada a temperatura acima de 1280 graus.

Outro produto inovador ao mercado são as peças com aplicação de vidro especial sobre o cobre através de um processo térmico que vai a 800 graus e que será a base para confecção de vasos, esculturas, peças para joalheria e em breve, haverá o lançamento da ‘Linha para Revestimentos’ direcionada para a Arquitetura. Mais uma vez, seguindo a tendência mundial do cobre neste segmento.

Em nome da arte

Avenida dos Trabalhadores, 2282

Jardim Camargo – Mogi Guaçu / SP

(19) 3861.7134 / (19) 99895.5101

E-mail: daniela.risi@terra.com.br

Sobre Flávio Ribeiro

Graduado em Comunicação Social - Jornalismo pela Pucc - Campinas. Editor-Chefe e Repórter da Revista O Pólo - Agência ODBO, é o responsável pela checagem e produção das reportagens e artigos e, também, da edição final da revista. Exerceu a função de Assessor de Imprensa de Gestão Pública e trabalhou em meios de comunicação como o Jornal Gazeta Guaçuana, Jornal Cidade e estagiou na EPTV Campinas.

Confira Também

Os irmãos Adriana e Eduardo Massucci

Odontologia

A evolução tecnológica trouxe para o Odontologia uma grande melhora, no sentido de os tratamentos ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *