ComportamentoCulturaGeral

Comemorações americanas que vem ganhando cada vez mais popularidade no Brasil

A língua inglesa, exerce uma grande influência sobre nós, que além de todas as palavras inglesas que já fazem parte do nosso dia a dia, agora as comemorações americanas têm ganhado grande proporção em nosso país também.

O Halloween, celebração muito forte em países de língua anglo-saxônica, sobretudo nos Estados Unidos, Canadá, Reino Unido e Irlanda e chamado no Brasil de Dia das Bruxas, vem ganhando grande popularidade nos últimos anos. Embora por aqui não seja um feriado, várias empresas e marcas tem usado a data para promover seus produtos.

Essa festa que reúne pessoas fantasiadas e distribuição de doces, o famoso ‘Trick or Treat’ Americano, Doces ou Travessuras, já começa a fazer parte da vida de muitas pessoas no final de outubro. Em vários estabelecimentos da nossa cidade e condomínios, a brincadeira foi realizada com a criançada. O CCAA mesmo, vem promovendo, desde 2015, o Trick or Treat nas lojas do Buriti Shopping e a cada ano que passa vem só crescendo o número de participantes.

A comemoração do Halloween teve origem entre os povos celtas, da Inglaterra. Entre 30 de outubro e 2 de novembro faziam um grande festival chamado Samhain [literalmente, ‘fim do verão’], onde acreditavam que se abria uma espécie de portal para o mundo dos mortos. Por isso o costume de se servir comida [atualmente os doces] para acalmar os espíritos que vinham para a terra nessa data. O Halloween tem suas raízes não na cultura americana, mas no Reino Unido. Seu nome deriva de ‘All Hallows Eve’. ‘Hallow’, um termo antigo para “santo”, e “eve” é o mesmo que “véspera”. O termo designava, até o século 16, a noite anterior ao Dia de Todos os Santos, celebrado em 1º de novembro.

A comemoração nos Estados Unidos é marcada por abóboras cortadas com expressões de terror, sendo colocadas velas em seu interior, o Jack O’ Lantern, fantasmas, zumbis e bruxas, sendo esta, a fantasia preferida das crianças.

Na festa do CCAA, realizada já a alguns anos no Buffet Hakuna Matata, a decoração e brincadeira, são um dos pontos principais, para que os alunos entendam o que é o Halloween e como ele acontece nos EUA. Esse ano, o tema foi Disney Halloween Party, devido aos 30 anos de Excursões para a Disney realizados pela escola, e, porque, quem for para Orlando nesse período de outubro vai se deparar com muita decoração do tema.

Outra comemoração americana que virou moda no nosso país também, é a Black Friday, dia que inaugura a temporada de compras natalícias com significativas promoções em muitas lojas.

Esta festividade começou nos Estados Unidos e acontece um dia depois do Dia de Ação de Graças, conhecido em inglês como Thanksgiving Day, ou seja, celebra-se no dia seguinte à quarta quinta-feira do mês de novembro, este ano no dia 29 de novembro.

O Thanksgiving é um feriado celebrado sobretudo nos Estados Unidos, no Canadá e nas ilhas do Caribe, observado como um dia de gratidão a Deus, com orações e festas, pelos bons acontecimentos ocorridos durante o ano. Um dia que as pessoas usam seu tempo livre para estar com a família, fazendo grandes reuniões e jantares familiares, sendo que o prato principal geralmente é o peru, o que dá ao Dia de Ação de Graças o apelido de ‘Dia do Peru’ [Turkey Day]. É também um dia em que muitas pessoas dedicam seu tempo para pensamentos religiosos, orações e missas.

O Dia de Ação de Graças é comemorado com grandes desfiles e também nos Estados Unidos, com a realização dos jogos de futebol americano.

Como complemento ao evento, existe a Cyber Monday, que é um dia dedicado às compras pela Internet e que se celebra na segunda-feira depois da Ação de Graças, esse ano 02 de dezembro.

Assim sintetizamos algumas comemorações que acontecem no mês de outubro e novembro, mas temos também o Valentine’s Day e outras.

Pensando nessa influência da cultura americana no mundo, entendemos porque o inglês tem sido atributo essencial para a conquista da maioria das vagas de emprego atualmente.

Tags
Mostrar mais

Flávio Ribeiro

Graduado em Comunicação Social - Jornalismo pela Pucc - Campinas. Editor-Chefe e Repórter da Revista O Pólo - Agência ODBO, é o responsável pela checagem e produção das reportagens e artigos e, também, da edição final da revista. Exerceu a função de Assessor de Imprensa de Gestão Pública e trabalhou em meios de comunicação como o Jornal Gazeta Guaçuana, Jornal Cidade e estagiou na EPTV Campinas.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close