ColunistasGastronomiaMercadoVariedades

Como comemorar o Dia dos Namorados?

Estou aqui em contagem regressiva para o Dia dos Namorados.

Primeiro porque, vocês já sabem, amo comemorações, de qualquer tipo… É um momento meu, para que eu possa planejar um cardápio gostoso, arrumar uma mesa linda, estar em boas companhias e, enfim, fazer tudo que amo.

Segundo porque, na correria do dia a dia, é muito difícil achar um tempinho para expressar o nosso amor para quem a gente ama, não é mesmo? Então, nada como uma data especial para tanto!

Eu vou contar uma coisa para vocês. Quando comecei a namorar meu marido [em 2003 – o tempo passa…], minha vontade era inscrevê-lo naqueles programas de televisão de ‘chatos para comer’, sabe? Meu Deus! Para mim era uma tortura. Ele não gostava de nada e eu sempre tinha que ficar repetindo cardápios.

E o pior: tinha alergia a peixes e frutos do mar.

Aquele relacionamento não ia ser fácil. Mas a paixão era maior, então seguimos em frente.

Casamos em 2006 e, sempre como uma boa festeira, cozinhava para os amigos em casa, sempre fazendo coisas diferentes, testando cardápios e experimentando novidades.

No entanto, para o marido, a marmita de sempre. Com o tempo fui me acostumando, e ele, algumas vezes, provando novos cardápios, novos sabores e tendo surpresas agradáveis. Me lembro até hoje quando ele experimentou funghi pela primeira vez e se apaixonou!

Imagino que o aroma das comidas o fez despertar. A cada cardápio novo, uma nova experiência. E assim, começou a não ter mais medo de novos sabores, novas caras, mas sempre com reservas, afinal de contas, não era possível abrir um leque tão grande do ‘novo’, e ele ainda era alérgico a peixe e frutos do mar.

Eu me lembro que ele tinha vontade de experimentar camarão grelhado, falava que o aroma lhe dava água na boca, mas tinha muito medo de passar mal. Até que, em 2008, resolvemos comprovar a sua alergia fazendo testes alérgicos a alimentação. Para nossa surpresa – e a tristeza de alguns –, ele não tinha qualquer alergia.

Porque para tristeza de alguns?

Sim, porque tivemos que começar a dividir o camarão, o lagostim e a lula. Ele simplesmente se apaixonou por tudo isso…

E a minha alegria?

Muita. Posso variar mais, posso buscar novos sabores, ele me apoia e experimenta praticamente tudo. Além disso, tem um paladar sutil e crítico. Muitas vezes ele descobre que tem ingredientes na comida que nunca imaginei.

Hoje em dia, após muitas experiências positivas e algumas negativas, ele costuma dizer, por exemplo, que não tem como não gostar de polenta cremosa, pois é feita com parmesão e manteiga. Um segredinho: no começo de tudo, ele nem podia falar em polenta cremosa.

Mal sabe ele como seu paladar ficou diversificado.

Adivinha quem ficou realizada?

Eu, claro! Afinal de contas, como é bom cozinhar para quem aprecia, experimenta, critica e gosta muito de comer.

Como as coisas mudaram. Após quase 16 anos juntos, são nossos filhos que são restritivos, mas fico tranquila, pois se puxarem ao pai, um dia comerão de tudo!

Este texto é uma homenagem para o meu marido, neste Dia dos Namorados de 2019.

Obrigada meu amor, pela parceria, pelo apoio agora mais do que nunca, pelas experiências boas e ruins e por estar sempre ao meu lado, independente de estarmos falando em comida. Você é um marido exemplar e um pai muito cuidadoso e preocupado. Obrigada por abraçar a nossa família como se não houvesse mais nada ao seu redor!

Eu te amo muito!

Como receita, vou postar aqui seu prato predileto, que é ‘Linguine ao Limone com Camarões Grelhados’.

Ingredientes para 02 pessoas
250g de linguini [tipo de massa], mas pode ser spaguetti;
300g de camarões grandes, limpos e sem casca;
04 dentes de alhos picados em cubinhos;
1/3 pimenta dedo-de-moça sem as sementes;
100 ml de vinho branco;
300 ml de creme de leite fresco;
Suco de 1 limão siciliano;
Zests [Raspinhas de Casca] de 1 limão siciliano;
Azeite de oliva e sal.

Modo de Preparo
Primeiro de tudo, coloque a água do macarrão para ferver com sal o suficiente para que ela esteja com gosto de mar.
Na sequência, limpe bem os camarões, tirando toda sua tripa. Tempere-o com sal e pimenta-do-reino. Acrescente limão espremido minutos antes de dourá-lo em uma frigideira com bastante azeite de oliva.
Doure em fogo baixo o alho e a pimenta dedo-de-moça – ambos já picados em pequenos cubinhos –. Cuidado para que o alho não passe do ponto: ele fica amargo, por isso, o fogo baixo.
Neste momento, é a hora de adicionar o macarrão na água, que já deve estar fervendo. Cozinhe ele de acordo com as instruções no pacote.
Continue o molho. Retire os camarões da panela e reserve. Sem lavar a panela, adicione o vinho branco em fogo baixo. Deixe reduzir um pouco. Acrescente o creme de leite fresco e o suco de limão com as zests.  Tempere com sal e pimenta do reino se precisar. Quando ferver, acrescente os camarões já grelhados.
Quando a pasta ficar pronta, adicione ela na frigideira com o molho dos camarões e misture tudo. Adicione um pouco da água de cozimento da pasta. Misture tudo e em dois minutos, está pronto.
Sirva nos pratos e para finalizar, coloque um pouco de salsinha em cima de cada prato.
Fica maravilhoso!

Feliz Dia dos Namorados!

Tags
Mostrar mais

Maria Gabriela C. de Carvalho Franco de Almeida

Graduada em Direito pela USF [Universidade São Francisco] – Bragança Paulista –, e Pós-Graduada em Direito do Trabalho Empresarial pelas Faculdades Integradas de Curitiba [PR]. Exerce a advocacia em seu dia a dia e, mesmo assim, tem outra área de atuação de muito sucesso: a Gastronomia. Por isso, desenvolveu um espaço dedicado para os amantes da culinária, com um estúdio gourmet com capacidade para receber até 12 alunos, além de realizar pequenos eventos.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close