GeralMercado

Educação e o Mundo Globalizado

O conceito de educação global vem ganhando, a cada dia, mais apoiadores nos diversos segmentos da sociedade. Com a ampliação do acesso à educação em todo o planeta, fica cada vez mais relevante a definição de qual modelo de educação a humanidade quer para seguir firme na luta por um mundo mais justo, pacífico e sustentável, objetivo que todo ser humano deve almejar.

No entendimento contemporâneo, a educação global deve ser aquela que transmite às pessoas o sentimento de pertencer a uma comunidade mais ampla, transnacional, enfatizando nossa humanidade comum, numa total conectividade entre o local e o global.

Com o objetivo de colaborar para a disseminação desse novo conceito e buscar respostas para esse recente desafio, O Polo produziu para esta edição, uma pauta editorial intitulada: ‘Educação e o Mundo Globalizado’.

Nesta, os entrevistados apresentaram por meio das reportagens especiais, propostas de estudos e debates entre as organizações envolvidas na questão, deixando claro que não basta a difusão de conhecimentos e informações, pois a educação é fundamental para disseminar os valores de caráter, cordialidade e da cidadania global, assumindo o compromisso de colaborar para um mundo melhor.

Os especialistas convidados destacam que a educação ganhou nova dimensão em relação à realidade do século 21. Hoje, essa realidade exige dos alunos formação integral para enfrentar os desafios sociais, políticos, culturais, econômicos e ambientais. Cidadãos criativos, críticos e responsáveis serão formados pelas novas habilidades educacionais sugeridas pelo conceito de educação global.

Antigamente, quando se escolhia uma carreira, tínhamos a certeza de atuar o tempo todo no Brasil. No entanto, isto mudou, pois quando um estudante faz essa escolha nos dias atuais, ele precisa pensar em mobilidade internacional.

Então, O Polo centrou-se em temas ligados ao desenvolvimento dessas habilidades sob a ótica da transformação social, para se construir um mundo melhor, mais justo e igualitário. Priorizamos ainda, o papel da escola e do educador na formação dos alunos para o mercado de trabalho.

Que vocês tenham uma excelente leitura!

Tags
Mostrar mais

Flávio Ribeiro

Graduado em Comunicação Social - Jornalismo pela Pucc - Campinas. Editor-Chefe e Repórter da Revista O Pólo - Agência ODBO, é o responsável pela checagem e produção das reportagens e artigos e, também, da edição final da revista. Exerceu a função de Assessor de Imprensa de Gestão Pública e trabalhou em meios de comunicação como o Jornal Gazeta Guaçuana, Jornal Cidade e estagiou na EPTV Campinas.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Verifique também

Close
Close