ComportamentoVariedades

Homenagem: Dia dos Professores

Apesar das cobranças e queixas, os professores continuam sua luta, ultrapassando barreiras quase intransponíveis todos os dias. Dentre os inúmeros educadores que desistem da profissão, outros tantos continuam, pois, o seu dom é ensinar, lecionas e construir uma sociedade crítica e participativa.

Muitos são um exemplo de perseverança, de garra e de inovação, sempre dispostos a mudar o mundo e torna-lo melhor. Sendo os nossos professores um exemplo a ser seguido, as cobranças e críticas desaparecem, dando espaço para os elogios e, principalmente, para o reconhecimento deste nobre e árduo trabalho. Afinal, ser educador é muito mais do que passar conhecimento para os alunos porque envolve relacionamentos, atualização, ética, estratégias, marketing pessoal, dinâmicas e autoavaliação.

É compreender que a formação dos jovens de hoje vem sendo marcada pela assimilação de informações instantâneas como fonte primária de conhecimento. E é com este trabalho que na maioria das vezes é desvalorizado, que os professores modificam conceitos, aceitam as diferenças e tornam nossos jovens capazes de participar de forma ativa na sociedade.

Nesta data especial, O Polo e equipe, escrevem este artigo para parabenizar os nossos queridos professores. Hoje, toda nossa a gratidão e honras para estes mestres que no dia a dia fazem a vida de crianças e adolescentes ganharem sentido com o conhecimento.

E para homenagear todos os professores do Mogi Guaçu e do Brasil inteiro, escolhemos dona Therezinha  Peres para representá-los, a ‘professorinha amada’ de muitas gerações do magistério, por ser aquela que ensinou grande parte dos educadores de Mogi Guaçu e região.

Dona Therezinha Peres faleceu no sábado, 13 de outubro, aos 92 anos. E mesmo com a debilidade da saúde, não deixou de trabalhar e ensinar até os últimos dias de sua vida.

Ela foi um exemplo para todas as professoras e uma profissional que encaminhou vários jovens estudantes nesta maravilhosa profissão.

“E com todas as pessoas que orientava fazia com retidão de caráter e expectativa de perfeição com seus alunos. Algumas vezes foi incompreendida, mas tenho a certeza que sua lembrança vai ficar no coração de quem passou por suas mãos. Só mesmo Deus para fazê-la parar. Eu fico em pé para aplaudi-la”, escreveu sua ex-aluna em rede social, Fernanda Cornachioni.

A todos os professores, O Polo e equipe, deixam aqui a nossa sincera homenagem!

Tags
Mostrar mais

Flávio Ribeiro

Graduado em Comunicação Social - Jornalismo pela Pucc - Campinas. Editor-Chefe e Repórter da Revista O Pólo - Agência ODBO, é o responsável pela checagem e produção das reportagens e artigos e, também, da edição final da revista. Exerceu a função de Assessor de Imprensa de Gestão Pública e trabalhou em meios de comunicação como o Jornal Gazeta Guaçuana, Jornal Cidade e estagiou na EPTV Campinas.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close