Segunda-feira , 22 Janeiro 2018
Home / Coluna da Fabi / Incolor, inodora, insípida e muito benéfica

Incolor, inodora, insípida e muito benéfica

Cerca de 60% do nosso organismo é composto por água. Ela exerce uma função vital nos seres vivos. Além de regular a temperatura corporal, transporta íons, moléculas, oxigênio e sais minerais pelo nosso corpo. Muitos órgãos precisam de água para funcionar adequadamente. Por isso, a hidratação é tão importante.

A sede é um sinal que já passou da hora de beber água. A desidratação acarreta vários problemas para saúde, entre eles:

  • altera a concentração de sódio, potássio e cálcio levando a arritmia cardíaca;
  • desregula a temperatura corporal, pois a falta de água inibe o suor o que pode causar náuseas e dores de cabeça;
  • o intestino fica prejudicado, pois o mesmo começa a mandar água dos alimentos ingeridos para outros órgãos, o que pode causar prisão de ventre;
  • o volume sanguíneo diminui e, consequentemente, a pressão arterial também;
  • a falta de água causa mau hálito devido a diminuição na produção de saliva;
  • a pele fica com aspecto ressecado por falta de hidratação;
  • também acarreta vários problemas urinários como infecções e cistite;

Hoje em dia, recomenda-se que um indivíduo consuma cerca de dois litros de água diariamente. Mas esse número aumenta em dias quentes e quando se está realizando atividade física. Se você está praticando exercícios físicos com esse calor, melhor aumentar ainda mais o consumo de água.

Quando suamos em excesso, além da perda de água, também perdemos eletrólitos, uma combinação de sódio e potássio, entre outros nutrientes. Dependendo do tipo e da intensidade dos exercícios, água pura pode não ser a forma ideal para repor as perdas ocorridas.

Em casos de atividades superiores a uma hora de duração e, principalmente, corridas de longa distância e maratonas, prefira os isotônicos e bebidas esportivas, ricas em calorias, vitaminas e sais minerais, essenciais para repor, sobretudo, os eletrólitos perdidos. A água de coco é bastante recomendada neste caso.

Fora isso, a forma mais recomendada de hidratação é tomar de 400 ml a 600 ml de líquidos duas horas antes do início do treinamento, e durante a prática esportiva ingerir 100 ml de água fria a cada 20 minutos. Lembrando que essas recomendações não servem para atletas de alto rendimento.

Portanto, tenha sempre com você uma garrafinha de água. Não espere ficar com sede para se hidratar. Durante a prática esportiva e em dias quentes, aumente o volume. Cuidado com as garrafas esquecidas nos carros, esta água já não esta apropriada para o consumo.

Se você ainda não tem o hábito de beber muita água, tente adotá-lo. No início vai ser difícil, mas depois você vai se acostumar. E toda vez que alguém te pedir um copo d’água retribua. Não se nega água para ninguém.

Sobre Fabi Matos

Fabiana Nunes de Matos Bueno é graduada em Educação Física e trabalha como personal trainner ministrando aulas de pilates e funcional em seu estúdio.

Confira Também

Como sobreviver sem exagerar

O outono começou e chegou cheio de feriados. E além de serem bons momentos para ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *