CidadePolítica

Ministério dos Transportes confirma R$ 14 milhões para construção de dois viadutos em Mogi Guaçu

O ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Valter Casimiro Silveira [PR], esteve em Mogi Guaçu na manhã desta sexta-feira, 29 de junho, e confirmou que a cidade receberá R$ 14 milhões para a construção de dois viadutos na cidade, com obras ao lado das pontes sob a linha férrea da avenida Emília Marchi Martini e da rua José Bernardino Bueno, Jardim Novo I, próximo a unidade do Sesi.

O evento aconteceu na Câmara Municipal e, além do ministro, teve ainda a presença do prefeito Walter Caveanha [PTB], do vice-prefeito Daniel Rossi [PR], do diretor da ANTT [Agência Nacional de Transportes Terrestres], Sérgio de Assis Lobo, do superintendente do DNIT [Departamento Nacional de Infraestrutura Terrestre], Roberto Ravagnani, e do deputado federal Márcio Alvino [PR].

Graças aos esforços do vice-prefeito Daniel Rossi, que há anos busca realizar esta importante obra de mobilidade urbana, o município foi agraciado por meio do PAC [Programa de Aceleração do Crescimento].

“Toda obra tem uma história. Então, fiz uma sondagem de projeto para a construção. Foi com muita dificuldade que conseguimos esta vitória junto como o nosso amigo e parceiro, o deputado federal Márcio Alvino”, disse Daniel Rossi.

Roberto Ravagnani, responsável pelo projeto por meio do DNIT em São Paulo, disse que em até 30 dias será confirmada a abertura de licitação conjunta de projeto e da obra.

No anteprojeto apresentado pelo DNIT, o prazo para a execução do projeto e da obra é de 18 meses. “Faremos a licitação pelo Regime Diferenciado de Contrato, o que deve atrair consórcios que reúnam empresas projetistas e empreiteiras”, explicou.

Segundo ele, as Eleições 2018 não representará problema, uma vez que todo o processo será gerido pelo próprio DNIT, isto é, não precisará ser efetuado o repasse do recurso para a cidade.

Roberto Ravagnani, o ministro Valter Casimiro Silveira e o diretor da ANTT, Sérgio de Assis Lobo visitaram os dois locais que receberão os benefícios. “São obras importantes que vão contribuir com o escoamento do trânsito, favorecendo o desenvolvimento de Mogi Guaçu”, disse o ministro.

Viadutos

Uma das obras projetadas fica na avenida Emília Marchi Martini, sobre o ramal férreo, e no anteprojeto prevê a implantação de um viaduto paralelo ao existente permitindo o fluxo de quatro faixas de via sem interrupção.

A outra fica nas proximidades do Sesi, e propõe a implantação de um viaduto transpondo a ferrovia e ligando as ruas José Franco de Campos e Vilobaldo Villas Boas.

[Clique na imagem ao lado esquerdo para visualizar o projeto]

 

 

Repercussão


“É um enorme crescimento de nossa cidade, pois mostra a importância de nosso munícipio tem no país. Mogi Guaçu é a base do desenvolvimento regional. E para o futuro temos como meta construir um terminal ferroviário, o qual permitirá ligar toda a nossa região e o Sul de Minas até o Porto de Santos” Walter Caveanha

“Priorizei a cidade de Mogi Guaçu, focando neste projeto. É uma fase em que estamos com recursos escassos. Tivemos que retirar da Pasta todos os pedidos de recursos para construção de obras. No entanto, somente este de Mogi Guaçu é que demos prosseguimento. Independente das Eleições, este projeto está previsto no orçamento de 2019 do Governo Federal” Márcio Alvino

 

 

 

 

*Com informações da Secretaria de Comunicação Social de Mogi Guaçu
Fotos: Lucas Gois | www.lucasgois.com.br

Tags
Mostrar mais

Flávio Ribeiro

Graduado em Comunicação Social - Jornalismo pela Pucc - Campinas. Editor-Chefe e Repórter da Revista O Pólo - Agência ODBO, é o responsável pela checagem e produção das reportagens e artigos e, também, da edição final da revista. Exerceu a função de Assessor de Imprensa de Gestão Pública e trabalhou em meios de comunicação como o Jornal Gazeta Guaçuana, Jornal Cidade e estagiou na EPTV Campinas.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close