Terça-feira , 12 Dezembro 2017
Últimas Publicações
Home / Variedades / Esporte / Mirlene Picin ‘carimba passaporte’ para Mundial de Ski em 2017

Mirlene Picin ‘carimba passaporte’ para Mundial de Ski em 2017

Neste final de ano a atleta Mirlene Picin, 36, que compete com ski na neve, terá mais um motivo para celebrar. Ela acaba de se classificar para participar do Campeonato Mundial de Ski Nórdico, que deve acontecer em Lahti [Finlândia], em fevereiro do ano que vem.

No último final de semana, a mogimiriana esteve competindo em Kontiolahti, na Finlandia, em provas valendo colocação no ranking da FIS [Federação Internacional de Ski], nas quais ela garantiu vaga para a disputa do Mundial. No sábado, 26 de novembro, na modalidade clássica, a esquiadora conquistou 242 pontos e no domingo, 267. No ski, quanto mais baixos os números, melhor a pontuação.

Com essa classificação, será a 5ª vez consecutiva que Mirlene participará de uma competição mundial. As modalidades praticadas pela atleta são o ski cross country [corrida] e biathlon, que une o ski cross country com o tiro de carabina calibre 22.

A atleta já esteve com a equipe nacional em Liberec [República Checa] – 2009, Oslo [Noruega] – 2011, Val di Fiemme [Itália] – 2013, e Falun [Suécia] – 2015.

Os treinos em neve para esta temporada iniciaram no dia 16 de novembro, quando Mirlene embarcou para a Finlândia. O local de treinos é Centro Olímpico Finlandês Vierumaki.

A próxima etapa é neste final de semana, quando a esquiadora deve competir em mais duas provas pelo ranking da FIS na cidade de Ruka, também na Finlândia.

‘Multiatleta’

Além de competir como esquiadora, Mirlene Picin também é biatleta de inverno e corredora de montanha. É graduada ainda em Publicidade e estuda Educação Física.

A corrida entrou na vida da atleta como parte dos treinos de verão para o ski. Como destaque entre as conquistas nesta modalidade, Mirlene foi a melhor brasileira de toda a história na ‘Two Oceans Cidade do Cabo 56k’, em 2013 e a melhor brasileira na ‘Comrades 89k’ de 2015 em Durban [Uphill].

Durante parte do ano, ela reside em Mogi Mirim, onde é possível vê-la treinando nas avenidas em seu roller ski, uma espécie de ski com rodinhas. Para estar mais preparada para as competições, ela também passa meses na Europa treinando na neve.

Aos 27 anos, a atleta teve seu primeiro contato com a neve, e desde então, já treinou e competiu em mais de 25 países e defendeu a bandeira do Brasil em quatro mundiais de ski cross country.

Mirlene começou sua vida esportiva na patinação radical e de velocidade, mas foi no ski cross country e biathlon, ambos esportes olímpicos de inverno, que a atleta se destacou.

Desde 2009, quando começou a competir, até agora, ela coleciona 21 medalhas em Campeonatos Sul Americanos de biatlo. Conquistou medalhas em provas FIS no ski cross country na Macedônia em 2010 – ouro e prata -, e no primeiro sulamericano de cross country realizado em Ushuaia em 2015 – ouro -. Em 2010 e 2011, foi eleita pelo COB [Comitê Olímpico Brasileiro] no prêmio Brasil Olímpico como a melhor atleta das modalidades de neve do ano.

Sobre Letícia Guimarães

Graduada em Comunicação Social com Especialização em Jornalismo pela Unip [Universidade Paulista], Letícia Guimarães dos Santos, 28, é Editora-Adjunta da O Pólo, sendo responsável pelas reportagens da cidade de Mogi Mirim. Fez carreira de sucesso em coberturas da editoria de polícia. Estagiou como assessora de imprensa em agência de comunicação em Campinas, trabalhou em jornais da região da Baixa Mogiana e atuou como correspondente para o jornal O Estado de São Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *