ColunistasGastronomiaMercado

Mise em place

A cozinha francesa é a minha maior paixão. Não exatamente pela sua comida, mas pelas suas técnicas, suas bases, seu rigor, sua essência. É nela que me inspiro a fazer praticamente todos os meus pratos, sendo ele de qualquer lugar do mundo.

Eu tenho loucura por estudar culinárias regionais, tanto do Brasil, como do mundo afora. No entanto, toda vez que começo a cozinhar, sigo uma das técnicas mais usadas na culinária francesa: o Mise em Place [pronuncia-se: Miz an Plas].

Sem traduzi-lo literalmente, o Mise em Place significa ‘Praça em Ordem’, ‘Colocado no lugar’ ou ‘Posto em Ordem’.

Fazer o Mise em Place é um dos princípios da cozinha francesa, a mais rigorosa das culinárias. Para os franceses, preparar-se antes de começar a confeccionar um prato, é uma etapa essencial para o sucesso da receita. E eu faço exatamente isso, em tudo.

A organização do Mise em Place requer a leitura de toda a receita, a separação e o porcionamento dos ingredientes, a separação dos utensílios necessários, os detalhes da receita como preaquecimento de forno ou untar a forma do bolo antes de começar tudo. Ah, e o tempo de geladeira também é superimportante.

Saiba que muita gente não gosta de cozinhar porque não faz esta organização e se perde no meio da receita.

Imagine começar tudo e descobrir que não tem um ingrediente essencial? Ou mesmo começar a bater um bolo sem pré-aquecer o forno? Não dará certo. Não é à toa que existem receitas e modo de preparo para tudo.

Esta prática também evita ‘acidentes’. Você pode muito bem queimar algo numa panela enquanto corta um ingrediente, ou mesmo cozinhar demais uma massa, porque está perdida fazendo o molho.

Eu vivo criando pratos que tenho vontade de comer com combinações de sabores e texturas diferentes. Também tenho mania de colecionar cardápios para criar receitas. Vejo as combinações e monto a minha receita especial.

Mas não deixo, nunca, de escrever a minha receita!

Vocês podem acreditar que eu escrevo mesmo, com todos os ingredientes que vou usar, porcionados e o modo de preparo. Por muitas vezes até desenho o prato como quero que ele seja servido.

Depois de tudo isso pronto, verifico os ingredientes, meço tudo, separo os utensílios como panelas, bowls, colher de pau, assadeiras…  Quando tudo já está à mão, distribuo tudo na bancada, mais ou menos na ordem em que serão utilizados.

Respiro fundo… Meu Mise em Place está em ordem.

Então! Mãos à obra!

Abaixo a minha receita de bolo de limão siciliano, na qual é imprescindível o Mise em Place!

Porque um bolinho deste com um cafezinho…. Hummm! Não tem pra ninguém, né?

Ingredientes
1 1/2 xícara de farinha de trigo;
1 xícara de açúcar;
3 ovos;
1/2 xícara de óleo;
1/2 xícara de iogurte;
Raspas de 1 limão siciliano;
1 pitada de sal;
1 colher de chá de essência de baunilha;
2 colheres chá de fermento em pó.
Modo de preparo
Separe todos os ingredientes;
1. Acenda o forno a 180º para pré aquecer;
2. Unte uma forma de 22 cm, com manteiga e farinha, preferencialmente com furo no meio;
3. Coloque no bowl da sua batedeira as rapas de um limão siciliano [sem a parte branca]. Junte o açúcar e amasse tudo com as mãos, para que o açúcar fique aromatizado e saborizado;
4. Junte os ovos, o iogurte e a essência de baunilha e bata tudo numa batedeira; bata bem até ficar homogêneo;
5. Junte a farinha e continue batendo, mas numa velocidade baixa;
6. Com a batedeira em movimento, acrescente o fermento;
7. Agora apenas batendo na mão, acrescente o óleo e misture tudo;
8. Coloque na sua forma untada e, forno, cerca de 50 minutos;
9. Utilize o método tradicional e espete com um garfo para verificar se já ficou todo assado.

Demais ingredientes: um cafezinho, um bom papo… uma mesa linda!

Vem cozinhar comigo?

Tags
Mostrar mais

Maria Gabriela C. de Carvalho Franco de Almeida

Graduada em Direito pela USF [Universidade São Francisco] – Bragança Paulista –, e Pós-Graduada em Direito do Trabalho Empresarial pelas Faculdades Integradas de Curitiba [PR]. Exerce a advocacia em seu dia a dia e, mesmo assim, tem outra área de atuação de muito sucesso: a Gastronomia. Por isso, desenvolveu um espaço dedicado para os amantes da culinária, com um estúdio gourmet com capacidade para receber até 12 alunos, além de realizar pequenos eventos.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Verifique também

Close
Close