Sábado , 18 Novembro 2017
Últimas Publicações
Home / Coluna da Fabi / Nasceu! E, agora?

Nasceu! E, agora?

Ontem foi o ‘Dia das Mães’, e como uma homenagem é sobre elas que vou falar. Já conversei aqui sobre os benefícios do pilates durante a gestação. Hoje, vou comentar dos exercícios após o parto.

Agora você já está com o seu bebê, toda aquela ansiedade e expectativa para ver o rostinho dele passaram e novos desafios estão surgindo. As necessidades do seu bebê estarão em primeiro lugar e, talvez, você negligencie sua própria saúde.

Uma boa recuperação significa uma mãe com mais energia e mais capacidade para lidar com as demandas do bebê. Por isso, é tão importante retomar as atividades físicas e, assim, vou dar algumas sugestões:

  • Seis semanas após o nascimento do seu bebê, você deve estar se sentindo pronta para retornar seu programa normal de exercícios. Desde que tenha tido um parto normal sem complicações. Se você teve parto por cesariana, é essencial a liberação do seu médico para o reinício dos exercícios;
  • Amamente sempre seu bebê antes de se exercitar. De outro modo, suas mamas estarão pesadas e desconfortáveis e poderá ocorrer vazamento de leite;
  • Mantenha suas sessões breves para não se cansar demais, uma vez que isso pode afetar seu suprimento de leite;
  • Lembre-se que uma série de caminhadas curtas e tranquilas têm o mesmo efeito positivo e cumulativo que uma sessão longa;
  • Reforce sua musculatura de sustentação postural. A manutenção da boa postura é crucial agora, e a postura incorreta lhe dará aparência de mais idade e mais peso;
  • Mantenha os exercícios para o assoalho pélvico como você praticava na gravidez. Pode ser que você os sinta mais fracos;
  • O hormônio relaxina ainda está presente em seu corpo e mantém seus músculos e articulações mais relaxados. Evite grandes amplitudes de movimento e não estire os músculos da parte posterior e medial das coxas, já que isso imporá pressão sobre a sínfise púbica;
  • Estabeleça objetivos claros. Anote-os como metas mensais para seu objetivo máximo e registre suas atividades e seus progressos;

É muito importante traçar objetivos nesse período. Eles te ajudarão a retomar a forma de antes da gestação, a cuidar da sua saúde e ter um tempo só para você.  A retomada da atividade física, além de disposição, melhora também a autoestima da mulher, que pode estar afetada nesse período. Cuide-se! Sua saúde também é importante.

Com o passar dos meses, você provavelmente voltará a trabalhar e aí surgirão novos problemas para se exercitar e os principais são: falta de tempo e culpa.

Mas esse é um assunto para um próximo dia.

Por hoje, fico por aqui. Um beijo e até segunda.

Sobre Fabi Matos

Fabiana Nunes de Matos Bueno é graduada em Educação Física e trabalha como personal trainner ministrando aulas de pilates e funcional em seu estúdio.

Confira Também

Foto: Lucas Góis

Consciência corporal e autocontrole

Na procura por uma atividade física que beneficie o corpo e a mente, o ser ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *