Coluna da Fabi

O colesterol e suas versões

Fico muito feliz quando encontro alguém que me acompanha aqui e quando o leitor(a) faz um pedido, fico mais feliz ainda. Por isso hoje, atendendo a um pedido, vou escrever sobre colesterol.

O colesterol é uma substância gordurosa encontrada naturalmente no corpo. É um tipo de lípido [gordura] que constitui as membranas celulares. Tem papel vital de manter o corpo funcionando de forma adequada. Então, o problema é o acumulo de colesterol no corpo. É comum associar colesterol elevado a algo negativo. Mas, nem todo colesterol é ruim.

O colesterol circula pelo corpo com a ajuda de proteínas, sendo essas, as LDL [Lipoproteínas de Baixa Densidade] e as HDL [Lipoproteínas de Alta Densidade]. As LDL transportam colesterol do fígado às células do organismo, onde este pode ser usado. Já as HDL transportam colesterol para o fígado, onde este pode ser depositado.

As LDL são um dos tipos de colesterol que mais podem ser prejudicial ao corpo. A presença de LDL em moderação é pouco provável ser prejudicial, porém, se for transportado demasiado colesterol no sangue e nas células e estes não forem utilizados, acabam por serem depositados nas artérias sob formas de placas. Essas placas podem causar bloqueios nas artérias e levar a graves complicações cardiovasculares.

As HDL são classificadas com ‘bom colesterol’ por levarem o colesterol das células novamente para o fígado onde este pode ser quebrado outra vez. Isso impede o acúmulo de colesterol nos vasos sanguíneos.

Após ser detectado o acúmulo do colesterol ruim [LDL] no organismo, é preciso combatê-lo. Em casos mais graves é necessário fazer uso de medicamento. Mas, na maioria dos casos algumas mudanças na alimentação e prática de exercícios físicos já são eficientes para diminuir esse acúmulo.

Alimentos que devem ser evitados:

  • alimentos industrializados;
  • fast food;
  • carnes com gordura aparente, pele de aves;
  • frios e embutidos;
  • leite integral e derivados;
  • biscoito e pães amanteigados;
  •  frituras e alimentos muito gordurosos;

Alimentos liberados:

  • carnes magras, aves sem pele, frutos do mar e peixes;
  • arroz integral, farinha de trigo integral, milho, soja, aveia;
  • legumes e verduras;
  • frutas;
  • azeite de oliva extravirgem e óleo de canola;
  • leites e derivado desnatados;

Como sempre a prática de atividade física também é mito importante, pois trazem inúmeros benefícios. São eles:

  • evitam acúmulo de gordura no organismo;
  • mantém o sistema cardiorrespiratório mais saudável;
  • incentiva a produção de enzimas que controlam a quantidade de gordura circulante no organismo;
  • treinos aeróbicos aumentam os níveis de colesterol bom [HDL];

Lembre-se que o melhor exercício é aquele que te dá prazer. Assim fica mais fácil incorporar a atividade física na sua rotina.

Espero ter esclarecido. Fico sempre aguardando novos pedidos e sugestões, que podem ser enviados por meio das minhas mídias sócias, pessoalmente ou pelo site da revista.

Um beijo e até semana que vem.

Tags
Mostrar mais

Fabi Matos

Fabiana Nunes de Matos Bueno é graduada em Educação Física e trabalha como personal trainner ministrando aulas de pilates e funcional em seu estúdio.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Verifique também

Close
Close