Colunistas

Pela volta da macarronada aos domingos!

Macarronada. Daquelas simples. Cheiro bom de domingo!

No forno, uma assadeira de coxas e sobrecoxas deliciosamente douradas e crocantes, avisam que logo o almoço estará na mesa.

Sou desse tempo em que macarronada era prato de domingo.

Só não percebi quando foi que isso teve fim.

Hoje, esse prato tão simples e tão delicioso, perdeu o posto. Virou comum. Pode ser feito até numa segunda-feira. Fim dos tempos!

O antiguinho, o simples e o tradicional andam perdendo sua vez…

Sim, o domingo é um dia preguiçoso. Mas, pare para pensar. Esse prato é um prato simples de fazer. Não demanda muito tempo e nem muita louça suja. Aproveita e faz uma panelada para ficar para o jantar!

Estou pensando seriamente em começar um movimento. E, hoje, isso é tão fácil, né?

Começo por aqui. Você espalha, tá!

Criaremos uma hashtag [#]. Claro! Tudo é hashtag hoje!

#pelavoltadamacarronadaaosdomingos

Imaginem! Fotos e mais fotos de pratos deliciosos circulando pelo mundo virtual. Uns mais fit, outros bem vintage, alguns com um toque gourmet. Facebook, Instagram, Snapchat!

Tenho certeza que seria sucesso.

Tá, você curte um restaurante no domingo?

Pense bem.

Você fica em casa. Com roupa de ficar em casa, dessas bem confortáveis. Todo mundo pode palpitar, conversar e mexer um pouco na panela. Você abre a garrafa de vinho antes mesmo do almoço estar pronto.

Você escolhe a playlist de acordo com o seu humor.

Na sua casa, todos podem ir até a panela para repetir o prato.

Não tem fila. Não tem pressa.

Vale até uma sonequinha depois.

Não tem como ser melhor.

Gosto de domingo para ficar em casa. E faço isso na maioria deles.

E foi assim num desses domingos:

-Ichiro, vem cá! Vou te ensinar a fazer macarrão!

E, sabe que ele arrasou! E a casa cheirou família. Cheirou domingo, desses que já não existiam mais…

Tags
Mostrar mais

Rubia Wakizaka

Rúbia Mara Andrade Felisberto Wakizaka é guaçuana e há três anos mora em Lake Mary [Flórida]. É casada com o empreendedor Fabio Wakizaka e mãe de dois filhos, Ichiro e Kenzo. Fala inglês fluente, é artesã e culinarista. Nos Estados Unidos, trabalha na área digital como bloguer e youtuber, trazendo experiências do setor de craft, abrangendo técnicas de costura, bordado e crochê, por meio do seu canal ‘Faça-Você-Mesmo’.

Artigos relacionados

6 thoughts on “Pela volta da macarronada aos domingos!”

  1. HUMMMMMMMMMMMM MACARRÃO DA MAMA,CHEIRO DE SAIDADE E DE FAMÍLIA.FAÇO ATÉ HOJE PQ É BOM DEMAIS.ACABEI DE COMENTAR COM O MEU FILHO QUE DIA DAS MÃES VOU FAZER COM O MAIOR CAPRICHO,TD EM NOME DO AMOR EM FAMÍLIA.PARABÉNS PELO TEMA BJSSS LAMBUZDO DE MOLHO PRA VC !!!!!<3

  2. Oi,Rubita!
    Quanta saudade!
    Quanta gente, quantas vezes fizemos macarronada!
    Com frango,com carne moída, com molho de linguiça,com carne de vaca, com brócolis hummmm!
    Comer,comer,comer e com direito de levar para a casa.
    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK!!!!!!!!!!!!!!!!
    Como sempre arrasando!
    Sempre te seguindo!
    Bjs!

  3. Rubia!!! Minha prima apaixonante!! Desculpe o atraso, somente hoje estou por aqui e pretendo ler TUDO!! Ja li alguns textos, ja chorei, ja morri de saudade! Escolhi fazer o primeiro comentario neste por um simples motivo: coisas simples nos fazem feliz!! E este macarrao me levou até a vó Dita e que por um determinado tempo voce pôde curtir conosco os domingos na casa dela e aquele macarrao e franguinho assado inesquecivel!! Como era bom ter sua risada por perto e a presença de uma pessoa tāo valiosa que era nossa avó! Minha prima linda!! Deus te presenteou com muitos dons e voce o deixa feliz a cada dia!! Te amo!! E a partir de agora te seguirei todos os dias!! Rsrsrs beijo no seu coracao!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Verifique também

Close
Close