Sábado , 19 Agosto 2017
Últimas Publicações
Home / Variedades / Comportamento / Sonia Zanuto conta sua trajetória de sucesso que começou com 40 pares de calçados

Sonia Zanuto conta sua trajetória de sucesso que começou com 40 pares de calçados

Empreendedora e determinada. Essas são apenas algumas das muitas qualidades que possui a mulher, mãe, avó e empresária Sonia Isabel Carinhato Zanuto, 59. Quando chegou a Mogi Guaçu, a então, ‘vendedora de sapatos’, nem de longe imaginava ou sonhava que seu esforço e dedicação a levariam tão longe.

Sua trajetória começou em 1986, com 40 pares de sapatos, que se transformaram em sete lojas, sendo uma matriz e as demais franquias que levam seu nome pelas cidades de Mogi Guaçu, Mogi Mirim e Jaú.

Das quatro dezenas iniciais dos produtos de quase 30 anos atrás, viraram cerca de 65 mil pares de tênis e sapatos femininos e masculinos, além de calçados infantis e acessórios de moda.

“Naquela época, comprei alguns pares de sapato para revender e de imediato as pessoas começaram a me procurar e vendi tudo rapidamente”, relembra o início.

Em 1992, registrou a primeira vendedora com carteira assinada, funcionária que continua no grupo até hoje. Agora, são cerca de 100 funcionários no total.

Antes de ser empresária, Sonia Zanuto morava em Jaú, localizada na região centro-oeste do estado de São Paulo. Lá, trabalhava como encarregada do departamento de vendas da Masiero Industrial S/A que era fabricante de máquinas para extração de óleo, sendo também, uma fundição que, coincidentemente, atendia as cerâmicas de Mogi Guaçu que eram clientes da empresa jauense.

Mudou-se para cá para acompanhar o marido José Horácio Romão Zanuto, que foi transferido de emprego, juntamente, com os dois filhos Soraia e Rafael. “Quando um dia eu iria imaginar morar aqui? É uma história de vida que serve de exemplo para todos”.

Soraia, a parceirasite02
Contar a história de Sonia Zanuto e não citar sua filha, Soraia Zanuto, seria o mesmo que narrar os fatos pela metade.

“Desde criança, a Soraia me ajudava. Ela fazia questão de me acompanhar quando eu vendia sapatos batendo de porta em porta. Metaforizando, minha filha foi minha primeira sócia e funcionária”, diz ela.

Ao entrar na adolescência e ter idade para trabalhar, a empresária fez questão de registrar a filha.

 

Oportunidade

“Jáu é a capital do sapato feminino e, por isso, resolvi oferecer os produtos para pessoas conhecidas. Mas confesso que não tinha intenção nenhuma de entrar neste mercado de trabalho. Mas como a primeira etapa deu certo, vislumbrei uma área a ser explorada em Mogi Guaçu”, relata.

Fala que “não sabia se devia ir adiante porque sempre fui muito tímida e tinha medo. Mas as pessoas me incentivavam que eu deveria abrir uma loja. Veja o que aconteceu!”.

A loja matriz do grupo está instalada na residência na qual ela foi morar com a família na década de 80. Foram no quintal e fundos desta casa que o ‘império’ começou se formar.

“Conquistei clientes fiéis que frequentavam a minha casa, mas precisava atender aos que preferiam em suas residências. Então, contratei algumas garotas para serem revendedoras comigo e dividia os lucros com elas”.

O tempo passou e a persistência e garra de Sônia Zanuto aumentavam cada vez mais, na mesma proporção que o trabalho e os clientes. A partir disto, ela resolveu abrir as portas da primeira loja do grupo em 1997.

“Eu sempre trazia produtos diferentes. Por causa disso, as pessoas optavam pelo meu trabalho, porque se identificavam com o meu gosto e estilo”.

Desta forma, a empresa foi crescendo e as outras franquias começaram a surgir no centro de Mogi Guaçu e depois em Mogi Mirim e Jaú. Há alguns anos com instalação de novos empreendimentos de lazer guaçuanos, inaugurou mais duas franquias.

Expansão x Crise

Planos de crescimentos do grupo já estão sendo analisados. No entanto, com a atual crise política e financeira do Brasil, a empresária está precavida e comenta que esperará o momento certo de retomar esse caminho.

“Sempre temos que ter planos de expansão e procurar investir, mas tudo depende das ocasiões. 2016, está sendo um ano atípico e difícil de empreender. Dentro dos 28 anos no mercado, nunca vi uma crise como essa”.

E mais, “tivemos que reduzir os gastos, comprar menos, trabalhar com um quadro restrito de funcionários pois as vendas diminuíram. Economizo onde posso com custos operacionais e muito altos”, explica.

Poder

Outra conquista de Sonia Zanuto aconteceu recentemente ao ser a primeira mulher eleita presidente da Acimg [Associação Comercial e Industrial de Mogi Guaçu], fundada há 58 anos.

Segundo ela, para aceitar concorrer ao cargo foi devido a muita persistência de empresários filiados da instituição e, que, em momento algum sofreu preconceito por ser uma mulher.

“Sei que é um grande desafio para mim. Mas o fato de ser histórico para a cidade e para a instituição, me sinto lisonjeada. É algo novo e tenho que aprender bastante para não decepcionar a confiança que depositaram no meu trabalho. Ao assumir esse desafio, tenho que ter confiança”.

Mulher

Quem é a mulher Sonia Zanuto?

Determinada e ambiciosa. Tudo com o trabalho.

 

Quem é a mãe Sonia Zanuto?

Protetora e controladora.

 

Quem é a esposa Sonia Zanuto?

Escolha muito ruim do Horácio [risos]. Exigente com o marido, talvez!

 

Quem é a vovó Sonia Zanuto?

A vovó é a ‘vovó coruja’, que se preocupa demais com a educação e futuro do neto.

 

O que é ser mulher para Sonia Zanuto?

Ser mulher é colocar-se no seu lugar. Ser vaidosa, inteligente e sábia.

Sobre Flávio Ribeiro

Graduado em Comunicação Social - Jornalismo pela Pucc - Campinas. Editor-Chefe e Repórter da Revista O Pólo - Agência ODBO, é o responsável pela checagem e produção das reportagens e artigos e, também, da edição final da revista. Exerceu a função de Assessor de Imprensa de Gestão Pública e trabalhou em meios de comunicação como o Jornal Gazeta Guaçuana, Jornal Cidade e estagiou na EPTV Campinas.

Confira Também

tudo-sobre-tpm

TPM

Se você é mulher entende muito bem sobre o assunto que falo hoje. Se você ...

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *