Colunistas

Tem o sonho limite?

O que você anda fazendo com seus sonhos?

O sonho consciente é capaz de nos fazer ir muito mais além do que pensávamos ser capazes.

Ele nos dá forças para continuar. Alegria de viver. Prazer no esperar.

Seu sonho é do tamanho que quiser. Do amanho que te cabe.

Muitos têm medo de sonhar muito grande. E não é o tamanho do sonho que assusta, é o tamanho do medo. O medo de não conseguir. O medo do sonho não vir.

Infelizmente, nós mesmos nos boicotamos, nos desacreditamos. Sinto que somos muito críticos conosco mesmos.

Um exemplo disso é que somos capazes de dar apoio a um amigo ao que parece ser impossível de se conseguir. Damos força, dizemos que tudo vai dar certo.

Porque não fazemos isso com a gente mesmo?

Nós temos que ser nossos melhores parceiros, nossos maiores incentivadores!

De que adianta todos acreditarem e você não? Nada.

Daí a importância de percebermos o quanto somos importantes nas nossas vidas. Só nós somos capazes de fazer acontecer o que almejamos. Somente nós somos capazes de dar o primeiro passo, de nos esforçarmos, de ultrapassarmos os nossos limites. Ninguém fará isso por nós.

E, então, quando penso assim, percebo que posso sonhar o sonho do tamanho que eu quiser. Se ele cabe em mim, terei condições de realizá-lo.

Por isso, diminuir seu sonho, é diminuir você, é diminuir sua capacidade de vencer.

E, para mim, eu tenho que ser grande!

Seja você o dono da sua vida! Faça suas próprias escolhas! Não se apague!

Se você limita seu sonho, você limita sua vida. Mais uma vez, fica evidente o poder que temos sobre nós mesmos.

E olha, muitos acreditam que sonhar grande é sonhar com uma conta bancária imensa, uma mansão.

Para mim, sonhar grande é ter o luxo de poder viver ao lado dos meus filhos, ser amada por meu marido. Comer pão com manteiga no café da manhã, com a alma lavada depois de um sono tranquilo.

E você, qual é seu grande sonho?

Tags
Mostrar mais

Rubia Wakizaka

Rúbia Mara Andrade Felisberto Wakizaka é guaçuana e há três anos mora em Lake Mary [Flórida]. É casada com o empreendedor Fabio Wakizaka e mãe de dois filhos, Ichiro e Kenzo. Fala inglês fluente, é artesã e culinarista. Nos Estados Unidos, trabalha na área digital como bloguer e youtuber, trazendo experiências do setor de craft, abrangendo técnicas de costura, bordado e crochê, por meio do seu canal ‘Faça-Você-Mesmo’.

Artigos relacionados

2 thoughts on “Tem o sonho limite?”

  1. Oi,Rubita!
    Sonhar, não custa nada e nossos sonhos vão virar realidade ou não,basta acreditar.
    Enquanto sonharmos, teremos vida ,vontade de ter coisas e também de ser melhores.
    Sempre sonho, nem preciso dormir,sonho acordada mesmo kkkk.
    Adorei a matéria,como sempre você arrasando!
    Adoro te seguir!
    Bjs!

  2. Rubia!!! Obrigada!! Suas palavras entraram no meu coraçāo!! Deixo aqui uma frase do Augusto Cury que gosto muito: ” Os sonhos fazem os timidos terem golpes de ousadia e os derrotados serem construtores de oportunidades.” Portanto, vamos sonhar! Bj

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Verifique também

Close
Close