Sábado , 19 Agosto 2017
Últimas Publicações
Home / Colunistas / Torcendo por você

Torcendo por você

Dia desses ouvi alguém dizer que:

– Você vai saber se alguém é seu amigo nos momentos de alegria, ao contrário do que muitos dizem por aí.

E, sabe que, pensando bem, é isso mesmo?

Temos o instinto humano de proteção.

Gostamos de cuidar e ajudar. Ora por esse instinto, ora pela necessidade de nos sentirmos como que, cumprindo um bom papel.

Assim como temos esse instinto de proteção, também temos o da competição, e é aí que entra a dificuldade de aceitarmos o sucesso do outro, principalmente se ainda não alcançamos o nosso, ou até mesmo, de ameaçar perder nossa liderança. Afinal, muitos só se contentam de estar sempre à frente dos outros.

Difícil alguém que vibre realmente com nossas conquistas.

Pelo instinto ou não, prefiro pensar que somos mais humanos do que animais e agimos muito mais com o coração do que com esse instinto animal.

Feliz poder comemorar a vitória de alguém. Feliz ver que há de se vencer quando se luta. Ter alguém que nos impulsione com seu exemplo de vida.

Infelizmente nem todos são assim, e acabamos que disfarçando a grandeza de nossas conquistas ou até mesmo o tamanho da nossa felicidade para não correr o risco de atrair ‘maus olhares’.

Claro porque, nesse mundo de hoje de tantas aparências, quem se arrisca?

Um mundo em que o ‘EU’ é mais importante que qualquer relação.

A ‘minha felicidade’ vem na frente de qualquer coisa. Largo tudo em busca dela. Nada e ninguém são mais importantes do que a mim mesmo.

Eu luto pela minha felicidade com unhas e dentes. Mas entendo que só serei completamente feliz quando todos estiverem felizes. Que só estarei completamente livre, quando me libertar principalmente dessa necessidade de estar à frente.

Entender que o meu ‘EU’ é tão importante quanto o seu. E que, se a minha vitória ainda não chegou, não é atrapalhando a sua que ela vai chegar mais rápido.

Sobre Rubia Wakizaka

Rúbia Mara Andrade Felisberto Wakizaka é guaçuana e há três anos mora em Lake Mary [Flórida]. É casada com o empreendedor Fabio Wakizaka e mãe de dois filhos, Ichiro e Kenzo. Fala inglês fluente, é artesã e culinarista. Nos Estados Unidos, trabalha na área digital como bloguer e youtuber, trazendo experiências do setor de craft, abrangendo técnicas de costura, bordado e crochê, por meio do seu canal ‘Faça-Você-Mesmo’.

Confira Também

Foto: Lucas Góis

Nós somos o que comemos

A nutrição, cada vez mais, traz novidades que, após 40 anos de vivência, levam muito ...

2 comentários

  1. Sílvia Damasceno

    Rúbia querida:

    Como sempre o seu bom senso falando mais alto!!!!! É isto mesmo: se a sua vitória ainda não chegou, não é atrapalhando os demais, que ela vai chegar mais rápido, porém a SUA VITÓRIA já é uma conquista realizada, pois a ALEGRIA do TRIUNFO não poderia existir, se não fosse o trabalho e a luta, que determinam a grande oportunidade de VENCER.
    E nesta mudança de casa e cidade, onde não está sendo pouco o trabalho que vcs 4 estão tendo, vi claramente a união e colaboração da sua linda família, as tarefas todas, realizadas com serenidade e alegria e o sorriso e bom humor característicos daqueles que estão FELIZES, CONTENTES com as suas vidas e realizações, sem atrapalhar ou competir com ninguém………
    Daqui de tão longe, alguém que não lhe conhece pessoalmente, mas através desta coluna e do seu canal no YOUTUBE aprendeu a lhe ADMIRAR e RESPEITAR pelo ser HUMANO que é, pode acreditar: TORÇO POR VCS!!!!!! Um afetuoso beijo, sua amiga virtual, Sílvia.
    Um afetuoso beijo, sua amiga, virtual, Sílvia.