Quinta-feira , 21 Setembro 2017
Últimas Publicações
Home / Colunistas / Você curte sua vida?

Você curte sua vida?

Foto: Rúbia Wakizaka

Como é bom curtir a vida. Curtir cada momento. Cada situação.

Alguns deixam para curtir a vida somente quando viajam para algum lugar excepcional, sim, investimento alto, necessário curtir até o último minuto.

Outros preferem curtir a partir de sexta-feira, afinal, é fim de semana, e a única coisa que devemos fazer é curtir.

Infelizmente, algumas pessoas já nem conseguem curtir a vida, com tanto trabalho e tantas coisas para fazer, acabam cansados e sem tempo nenhum para curtir mais nada.

Desses últimos, podemos perceber o quanto tudo está corrido. O quanto o mercado está competitivo. Parece que precisamos fazer mais e mais coisas a cada minuto. E o pior: muitos fazem isso acreditando que estão buscando qualidade de vida, afinal, quanto mais se faz, mais se ganha e mais se pode gastar.

Peraí, mas essa conta está errada. Em qual minuto você vai desfrutar de tudo o que quer?

Eu tento entender o ‘curtir’ como um preparo de um alimento. Quando curtimos algo na culinária, significa que vai demandar um pouco mais de tempo do que o normal para que aquilo fique no ponto. É necessário que a pimenta curta para ficar boa. Assim como no doce e no licor.

Poderíamos trazer esse curtir para nossas vidas. O curtir que leva tempo. Que tem que ficar ali, devagarzinho, até que fique no ponto.

Tentar trazer isso para nosso dia-a-dia seria mais ou menos assim:

Ao passear com o cachorro, nem celular levaríamos. Estaríamos na função ‘passear com o cachorro’ e nossa tarefa seria curtir o passeio;

Andar sem pressa. Apreciar o caminho, respirar e deixar a mente ir. Quando de volta, partiríamos para ‘curtir’ outra função. No caso, poderia ser lavar a louça;

Curtir! Sentir a água fresca que sai da torneira deixando tudo limpo e agradável. Lavar um item de cada vez, como se não tivesse nenhum depois dele;

E, assim, mais uma tarefa feita. Depois, poderíamos ler um livro. Apreciar cada palavra lida e cada página virada. Admirar a capa. Sentir a história.

Poderíamos aplicar isso em tudo.

Curtir cada tarefa, cada ação, cada momento como únicos.

De nada adianta fazer várias coisas de uma vez. Nada fica satisfatoriamente feito. Tudo parece que não foi vivido, experimentado.

Estamos deixando o mundo nos sugar com suas exigências? Sim, porém, dá pra fazer tudo o que queremos, mas uma coisa de cada vez.

Quando experimento dessa sensação, sinto que meu dia flui. Consigo realizar todas as tarefas que me programei e, todas feitas, única e exclusivamente.

Percebo que quando me esqueço de que isso é possível, quando acho que tenho muito a fazer no espaço de tempo que o dia nos proporciona, coloco ‘os pés pelas mãos’ e ponho tudo a perder.

Lá se foi o meu dia, metade das tarefas sem terminar, um cansaço que me invade, assim como, a frustração de não ter conseguido realizar tudo o que me propusera a fazer. Com toda a certeza, a melhor forma de viver meu dia, está na primeira opção.

Por isso, é muito importante nos policiarmos para que consigamos seguir a regra de ‘uma coisa de cada vez’. E também nos policiarmos para que cada coisa a ser feita, seja feita com carinho, capricho e atenção merecidos.

Com isso feito, nossa vida será curtida na segunda-feira, nas férias, no horário comercial e à noite com os filhos. Um simples chá antes de dormir, descansa a alma.

E, sem perceber, vemos que as tão desejadas férias serão um complemento de dias vividos e curtidos em seus detalhes. E, veremos felicidade em coisas antes não vistas.

E assim, quem sabe a vida passe bem devagarzinho…

Sobre Rubia Wakizaka

Rúbia Mara Andrade Felisberto Wakizaka é guaçuana e há três anos mora em Lake Mary [Flórida]. É casada com o empreendedor Fabio Wakizaka e mãe de dois filhos, Ichiro e Kenzo. Fala inglês fluente, é artesã e culinarista. Nos Estados Unidos, trabalha na área digital como bloguer e youtuber, trazendo experiências do setor de craft, abrangendo técnicas de costura, bordado e crochê, por meio do seu canal ‘Faça-Você-Mesmo’.

Confira Também

0003CEB6D3A814

Mudar

Estou me mudando mais uma vez. Falo dessa maneira, porque essa será minha 9a mudança ...

2 comentários

  1. Adorei!!! ☺☺☺

  2. Alba Antonia de Andrade Felisberto

    Oi,Rúbia!
    maravilhoso texto!
    Cada vez mais aprendendo com você!
    Sempre te seguindo!
    Bjs!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *