Coluna da Fabi

É outubro e é rosa!

Outubro chegou e veio com cor. A campanha outubro rosa já começou.

Você sabe do que estou falando?

Outubro rosa é uma campanha de conscientização direcionada à sociedade e às mulheres sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama.

O movimento surgiu em 1990 em Nova York com a primeira ‘Corrida pela Cura’, desde então, a cidade promove anualmente esse evento. O nome remete ao laço rosa que simboliza, mundialmente, a luta contra o câncer de mama e estimula a participação de entidades, empresas e da população.

Todo câncer se caracteriza por um crescimento rápido e desordenado de células, que adquirem a capacidade de se multiplicar. Essas células tendem a ser muito agressivas e incontroláveis, determinando a formação de tumores malignos.

Segundo o Inca [Instituto Nacional do Câncer], o Brasil terá 576 mil novos casos de câncer por ano. Desses, 57.120 serão tumores de mama.

O câncer de mama é relativamente raro antes dos 35 anos, mas acima dessa idade, sua incidência cresce rápida e progressiva. Nem todo tumor de mama é maligno e podem também ocorrer em homens, mas é raro.

Quando detectado e tratado na fase inicial, o câncer de mama tem 95% de chance de cura. Por isso, é fundamental que toda mulher com mais de 40 anos faça a mamografia anualmente.

O sintoma mais comum do câncer de mama é o aparecimento de um caroço. Mas outros sintomas também precisam ser observados. São eles:

Inchaço em parte do seio;

Irritação da pele;

Dor no mamilo;

Vermelhidão ou descamação do mamilo ou pele do seio;

Saída de secreção – que não leite – pelo mamilo;

Caroço nas axilas;

Quando observado qualquer um desses sintomas, o ideal é procurar um médico para fazer um diagnóstico.

É necessário fazer o autoexame todo mês e a campanha outubro rosa esta aí para conscientizar as mulheres dessa importância.

Para fazer o autoexame é necessário seguir três passos que são: observar os seios no espelho, fazer a palpação em pé e repetir a palpação deitada.

Para a observação no espelho é necessário primeiro observar com os braços para baixo, depois com os braços levantados e por último com as mãos no quadril, fazendo uma leve pressão. Qualquer sinal de anormalidade é preciso procurar um médico.

Para a palpação em pé é necessário estar no chuveiro com o corpo molhado e com as mãos ensaboadas. Manter os dedos unidos e esticados, fazer movimentos circulares em toda a mama, de cima para baixo.

Depois da palpação é preciso apertar suavemente o mamilo para observar se existe a saída de líquido. Repita o mesmo procedimento deitada.

Cuidar da saúde é fundamental.

Conscientize sua família, seus amigos, os colegas de trabalho.

Espalhe essa ideia. Vamos deixar outubro ainda mais cor de rosa.

Tags
Mostrar mais

Fabi Matos

Fabiana Nunes de Matos Bueno é graduada em Educação Física e trabalha como personal trainner ministrando aulas de pilates e funcional em seu estúdio.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Close
Close